Wake-up 4.0: Promover o espírito empreendedor e startups inovadoras para a indústria

Ideias inovadoras, potencial de negócio, soluções para a indústria 4.0, espírito de equipa e aplicação de TICE a desafios da indústria são os alicerces deste projeto cofinanciado pelo COMPETE 2020, comenta António Pinto Moreira, Diretor Executivo da AECOA na newsletter semanal do Programa.

Falámos com António Pinto Moreira, Diretor Executivo da Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA) acerca do projeto Wake-up 4.0, desenvolvido em pareceria com o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores Inovação (INOV) e cofinanciado pelo COMPETE 2020, que se destina a a jovens com ideias empreendedoras de base tecnológica que pretendam criar a sua empresa.
 
António Pinto Moreira | Diretor Executivo da AECOA
 
1. Síntese 
 
‘WAKE-UP 4.0’ é um projeto desenvolvido pela Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA) em parceria com o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores Inovação (INOV). No âmbito da 4.ª revolução industrial, este projeto destina-se a jovens com ideias empreendedoras de base tecnológica que pretendam criar a sua empresa. Ideias inovadoras, potencial de negócio, soluções para a indústria 4.0, espírito de equipa e aplicação de TICE a desafios da indústria são os alicerces do ‘WAKE UP 4.0 @ Promoting Entrepreneurial Spirit and Innovate Start-Ups for Industry’, o novo projeto que a AECOA está a executar em parceria com o INOV. 
 
De acordo com o Diretor Executivo da Associação Empresarial, António Pinto Moreira, “este programa teve início em janeiro de 2021 e, a 27 de abril, teve lugar o seminário de lançamento. O projeto prolonga-se até junho de 2023”. Concretamente, prossegue o responsável da AECOA, “o objetivo passa por criar 12 empresas de base tecnológica alinhadas com a Indústria 4.0. Para isso, serão selecionadas outras tantas ideias, que serão apoiadas, financeiramente, com uma bolsa de investimento de 250 euros cada, durante seis meses. As propostas dos novos empreendedores concorrerão, também, a um prémio final que pode ir até cinco mil euros”. 
Importa referir que às empresas criadas “será proporcionado um acompanhamento de seis meses após a data final do projeto, de forma a garantir condições para que prosperem no mercado”. 
 
 
Um conjunto rico de atividades inovadoras 
 
Segundo Pinto Moreira, “a execução e a operacionalização deste projeto passam pela capacitação e sensibilização dos jovens, mormente dos ensinos secundário e superior, para uma cultura de empreendedorismo e inovação”.
A criação de uma rede de parceiros e mentores é uma peça-chave do projeto. “Esta acompanha e sensibiliza as gerações mais jovens para o empreendedorismo e inovação, nomeadamente através de um programa de mentoria e coaching, que permitir-lhes-á desenvolver o seu negócio”, adianta o Diretor Executivo da AECOA. 
 
São várias as atividades em desenvolvimento ou em vias disso: mapeamento da rede de stakeholders nacional, reuniões one-to-one, produção de manuais e toolkits, desenvolvimento da plataforma colaborativa do projeto, focus group meetings e diversas sessões de capacitação e mentoring, hackathon, Digital Pitch Sessions e assessoria jurídica para a criação do Regulamento/critérios de atribuição de bolsas, catálogo digital das ideias finais e das respetivas equipas, entre outras. 
 
“Sem apoio do COMPETE 2020 não havia projeto!” 
 
“Apoiar os jovens e proporcionar-lhes as melhores saídas, em termos de realização profissional, cabe a todos nós, enquanto sociedade de um modo geral e, muito particularmente, a entidades públicas e/ou privadas, como a AECOA e o INOV. Sensibilizá-los e motivá-los para a inovação e o empreendedorismo, para a concretização dos seus sonhos e das suas ideias, quantas vezes ‘fora da caixa’, é uma mais-valia para o futuro, que se afigura quantas vezes incerto. No fundo, é por tudo isto que decorre o WAKE-UP 4.0, que só foi possível graças aos apoios financeiros dos fundos estruturais. Obviamente, que sem o COMPETE 2020 não havia projeto!”, conclui António Pinto Moreira.
 
 
2. Apoio do COMPETE 2020
 
O projeto WAKE-UP 4.0 @ Promoting Entrepreneurial Spirit and Innovate Start-Ups for Industry é promovido pela AECOA e pelo INOV, sendo cofinanciado pelo COMPETE 2020 no âmbito do SIAC - Sistema de Apoio a Ações Coletivas, envolvendo um investimento elegível de 454 mil de euros, o que resulta num incentivo FEDER de 386 mil euros.

22/10/2021 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
União Europeia