IntVIS4Insp - Sistema de Visão por Computador Inteligente e Flexível para Inspeção Automática

Teresa Martins, CEO da Neadvance e AI4MedImaging em entrevista ao COMPETE 2020 sintetizou o estado de arte do projeto “IntVIS4Insp - Sistema de Visão por Computador Inteligente e Flexível para Inspeção Automática” e a importância do apoio dos fundos comunitários.

 

1. Síntese

“O projeto IntVIS4Insp tem como objetivo principal conceber, desenvolver e demonstrar novos conceitos de flexibilidade e adaptabilidade para as áreas de inspeção automática recorrendo à manipulação de objetos complexos através do uso sistemático de tecnologia de visão por computador e inteligência artificial.”

Os sistemas de inspeção automática que têm por base a visão por computador, servem para avaliar a qualidade de matérias-primas/produtos-intermédios / produtos-finais. A aplicação generalizada deste tipo de tecnologia, bem como, a exigência crescente em termos de controlo da qualidade traduz-se na inspeção de materiais/objetos cada vez mais complexos, o que nalguns casos obriga à manipulação desses objetos. Aplicações destinadas à manipulação de objetos usam frequentemente sistemas robotizados que são guiados por sistemas de visão por computador, no sentido de flexibilizar as operações previamente definidas. 

Estes sistemas conduzem a ganhos de eficiência mais significativos quando comparados com outros mecanismos convencionais. São cada vez mais aplicados na análise de objetos complexos e com requisitos de inspeção, qualidade e deteção com limiares mais apertados.

“Fatores como o tipo de produto a inspecionar, o meio envolvente, a distância ao sistema de inspeção, a iluminação, os ângulos de análise, entre outros, refletem-se em necessidades metodológicas e técnicas específicas de cada sistema, sendo necessário aplicar vários paradigmas de aquisição e de processamento de imagem.

Pretende-se explorar a componente de processamento e análise de imagem e inteligência artificial na vertente de interpretação semântica de objetos em ambiente industrial. Acrescenta-se ainda outro desafio, contemplado na Indústria 4.0, que se prende com a intenção de reutilizar componentes de hardware e software, possibilitando assim a configuração (setup dos componentes para novos cenários) em tempo real. O IntVIS4Insp irá contribuir desta forma com a criação e implementação de novos conceitos nestas áreas tecnológicas consideradas necessárias para as transformações da Indústria 4.0.

A Neadvance integra projetos e estabelece parcerias com vista à Inovação e avanço tecnológico. Esta vertente de Investigação & Desenvolvimento é parte integral da nossa missão na prossecução contínua de excelência em todas as nossas atividades. O COMPETE 2020 tem sido um catalisador fulcral da nossa atividade de forma a equilibrar o risco que estes projetos significam, visto recorrerem a tecnologias inovadoras e complexas.  A sua contribuição tem sido um fator impulsionador no processo de I&D da Neadvance e fundamental para a capacidade de acolher ainda mais desafios.”

 

> Perfil de Teresa Martins, bracarense <

Licenciada em Engenharia de Sistemas e Informática, em 1991, pela Universidade do Minho e Mestre Informática, pela mesma universidade em 1998, iniciou a sua carreira profissional na área do desenvolvimento de software para equipamentos e sistemas de pesagem industrial.  Entre 1998 e 2001 foi gestora de projetos no departamento de Visão Artificial no IDITE Minho, em Braga, abraçando esta área de negócio desde então.

Em 2001, como cofundadora, cria a empresa ENERMETER – Sistemas de Medição que tinha duas áreas de atuação distintas: Sistemas de Medição e Sistemas de Visão Artificial. Esta última área concebe, desenvolve e instala sistemas automáticos baseados em tecnologias de processamento de imagem e visão artificial, para os mais variados setores industriais do mercado nacional e internacional. Com a finalidade de potenciar a área de negócio da visão artificial, é fundada, em 2017 a Neadvance – Machine    Vision como spin-off do departamento de Visão Artificial da Enermeter, sendo cofundadora, CEO e Presidente do Conselho de Administração. Em 2019 é criada a AI4Medimaging, empresa dedicada á investigação e desenvolvimento de soluções de apoio ao diagnóstico clínico, como spin-off da área médica da Neadvance, sendo cofundadora, CEO e Presidente do Conselho de Administração.

 

2. Apoio do COMPETE 2020

Em Outubro de 2019, a parceria entre Neadvanced, UMinho – Escola de Engenharia e o CCG deu arranque ao projeto IntVIS4Insp, cofinaciado pelo COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à I&DT Empresarial, na vertente em co-promoção.

Este projeto envolveu um investimento elegível de 2 milhões de euros, correspondendo a um incentivo FEDER de cerca de 1,5 mil euros.

 

 

 

28/05/2020 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
União Europeia
FEEI